::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Arábia Saudita decreta pena de morte para quem carregar Bíblia

A Arábia Saudita é o “berço” do Islamismo, tendo em Meca a cidade mais sagrada desta religião. Já é proibido aos não muçulmanos entrarem naquela cidade. De modo geral, a perseguição religiosa só aumenta. Não há igrejas conhecidas e a maioria dos cristãos naquela nação são imigrantes estrangeiros.
Agora, o governo do país que já se diz regido pela lei sharia, anuncia modificações em uma lei sobre literatura. Isso poderá marcar o fim do cristianismo na região. O motivo é simples: está prevista pena capital para quem carregar Bíblias para dentro da Arábia. Ou seja, o que já era considerado contrabando, agora chega ao extremo. Não se pode comprar legalmente uma cópia das Escrituras por lá.
A missão Heart Cry  [Clamor do coração] divulgou em seu relatório mais recente que ao legislar sobre a importação de drogas ilegais, incluiu-se um artigo que aborda “todas as publicações de outras crenças religiosas não islâmicas e que tragam prejuízo”. Ou seja, na prática, entrar com uma Bíblia na Arábia Saudita será o mesmo que carregar cocaína ou heroína.
Opinião:
“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.”
Apocalipse 6:9
Perseguição e morte de cristãos é bíblico e ocorre desde os tempos de Jesus.
Por ser um importante parceiro comercial dos EUA – onde rola grana alta e muito petróleo – a Arábia raramente recebe cobertura negativa da imprensa internacional…. nem nessa caso contra cristãos, nem contra gays, por exemplo, que também são sumariamente mortos por lá quando descobertos.
E não se ouve falar em protestos do pessoal dos direitos humanos, nem em manifestações contrárias de nenhum tipo. Assim como já ocorre na Síria e em outras partes do mundo, parece que o assassinato de cristãos é algo encarado com certa naturalidade.

Fonte: Gospel Prime
COMPARTILHAR:

+1

17 Responses to "Arábia Saudita decreta pena de morte para quem carregar Bíblia"

  1. A IGREJA PRECISA ESTÁ ORANDO, POR TODOS OS IRMÃOS EM CRISTO DE TODA PARTE DA TERRA....ORAR PELA IGREJA DE JESUS CRISTO NA FACE DA TERRA, ELOS ESCOLHIDOS DE DEUS. PARA QUE TENHA FORÇA, FÉ, TEMOR DE DEUS, E ACIMA DE TUDO AMOR PELO TODO PODEROSO EM NOME DE JESUS; PARA VENCERMOS OS DIAS MAUS QUE AINDA VIRÃO.....

    ResponderExcluir
  2. Pimenta nos olhos dos outros é refresco, dizimar civilizações inteiras como incas , maias , astecas, índios, etc, em nome da cristandade, jesuítas subjugando cultura de índios brasileiros, templarios e suas guerras santas. A historia mostra que a religião do forte sempre subjuga a do fraco, seja cristã,islã,muçulmana ou qualquer outra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. querido prof. Thiago, por isso defendo repensarmos a aplicação do termo cristão, uma vez que ele indica os discipulos/servos/amigos do sr. YESHUA ha MASHIACH (Jesus Cristo Nazareno); pois se todos seguissem seus ensinamentos certamente nenhuma dessas atrocidades que o mundo enfrenta teriam espaço entre nós irmãos do mesmo Criador!

      Excluir
    2. Bom como você se intitula professor, se realmente tivesse discernimento, repensaria suas palavras, pois colocar a culpa disso em Cristo é no mínimo inconsequente e irresponsável. As civilizações como você disse não foram dizimadas por questões religiosas e sim pela ávida expansão colonial dos países Europeus. A ICAR envolvida nisso, notadamente sabe-se que foi criada aproveitando-se da igreja primitiva com fins meramente políticos, já que o Império Romano estava perdendo "espaço" para o "Cristianismo".

      Excluir
    3. Prof. Thiago, em relação aos incas, maias, astecas, índios, etc. O que você acha sobre os rituais de sacrifícios humanos, incluindo mulheres, crianças, idosos, deficientes, etc. Em que eles arrancavam os corações das vítimas, bebiam sangue, praticavam canibalismo e outras barbaridades que esses povos praticavam? O que você acha dos povos da Ilha de Páscoa que praticavam o canibalismo? O que você acha dos Korowai, da Papua-Nova Guiné? Quando alguém da comunidade adoece e começa a morrer, eles creem que a pessoa foi possuída por um demônio assassino, que a está devorando por dentro. Caso ela sussurre um nome em seu leito de morte, acredita-se que o indivíduo mencionado seja o khakua disfarçado. O pobre coitado é então morto, com uma flecha feita do osso de uma ave nativa, desmembrado, cozido e servido para a comunidade. A tribo Korowai não acredita que está comendo uma pessoa, mas sim um khakhua. O que você acha disso? Assim como os índios Tupinambás. Que comiam a carne do outro para adquirir inteligência, coragem, força e outras habilidades. Quando os indígenas foram levados à Europa como escravos se revoltaram e em 1556, Dom Pero Fernandes de Sardinha (o primeiro bispo) foi devorado pelos índios caetés quando naufragou no litoral de Alagoas. Quando Pedro Álvares Cabral descobriu o Brasil, eram pelo menos 250 tribos, mais de 190 línguas diferentes, não dialetos. De qual índio era o Brasil? Você sabia que quem mais matou índios no Brasil foram os índios? Conforme os bandeirantes adentravam o Brasil, a Bandeira era composta por 90% de índios que queriam se unir aos que tinham armas para matar os outros índios. Uma das coisas sobre algumas tribos é que as mães examinam o bebê e decidem se ele é saudável ou não. Quando o bebê mostra sinais de fragilidade ou deficiência, a mãe o envenena, enterra vivo, joga num rio ou mata por asfixia antes de amamentar. Você acha que isso é cultura? Acha que esses crimes vis contra a vida e dignidade humana merecem ser preservados? essas abominações merecem respeito? Antes de qualquer tradição, de qualquer costume e qualquer cultura vem a vida humana, que deve ser respeitada e preservada a qualquer custo. E no caso das Cruzadas, foi o seguinte. As Cruzadas foram uma resposta tardia aos ataques incessantes dos muçulmanos a Europa. Imagine um período entre 400 ou 500 anos de perseguições, estupros, roubos, assassinatos, execuções, decapitações e tudo o que você vê o Estado Islâmico fazer hoje, sem parar. Uma hora enche o saco. As Cruzadas foram isso. E os muçulmanos dominaram e mantinham controle sobre Jerusalém, a cidade sagrada dos cristãos. Lembre-se de que a cidade sagrada para os muçulmanos é Meca! Quando foi que os cristãos foram a Meca destruir tudo? Se os cristão não tivessem se unificado, os jihadistas teriam dominado tudo. Então, o que você tem de liberdade hoje, o que você tem de leis e o que você tem de tecnologia foi preservado pelos cristãos que lutaram nas Cruzadas. Se não fossem as Cruzadas, hoje você se chamaria Muḥammad, Ahmed ou qualquer coisa do tipo. Devemos dar graças a Cristo, nosso salvador por não estarmos em um inferno na Terra como as pessoas que vivem no Oriente Médio, Africa, etc. E você não tem conhecimento do trabalho importante que os missionários fazem em zonas de conflitos e abandonadas, como a missionária Zilda Arns no Haiti. Fique na paz e largue mão desse conhecimento de MEC!

      Excluir
  3. Isto e a prova mais concreta que a vinda do SENHOR JESUS esta proxima.

    ResponderExcluir
  4. Isto e a prova mais concreta que a vinda do SENHOR JESUS esta proxima.

    ResponderExcluir
  5. O cristianismo jenuino nunca vai pegar em armas nossa marca é o amor nossa bandeira é Cristo ,ele não pegou em espada o grande erro das igrejas estados ,foi de querer fazer guerras em nome do princepe da paz.

    ResponderExcluir
  6. O cristianismo jenuino nunca vai pegar em armas nossa marca é o amor nossa bandeira é Cristo ,ele não pegou em espada o grande erro das igrejas estados ,foi de querer fazer guerras em nome do princepe da paz.

    ResponderExcluir
  7. é bom não confundir instituições que se autodenominam cristãs dos ensinos do Senhor Jesus e de sua obra redentora na Terra, já que não tem nada uma coisa a ver com a outra.

    ResponderExcluir
  8. os ateus sempre tem uma desculpa para culpar o cristianismo...

    ResponderExcluir
  9. Sou cristão mas fico triste quando vejo meus irmãos compartilhando notícias sensacionalistas e mentirosas como essa, isso não acontece, conheço pessoas na Arábia Saudita, isso é puro sensacionalismo.

    ResponderExcluir
  10. Ô Jeová como as coisas estão cada vez maiis complexa ,pai estende a mão ao seu povo...

    ResponderExcluir
  11. O SENHOR JESUS DAQUI MAIS UM POUQUINHO ARREBATARÁ A IGREJA , O DIA E HORA NÃO SABEMOS MAS É JÁ . MARANATA! VEM SENHOR JESUS!

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial