::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Evangélicos fazem protesto pedindo justiça pela morte do pastor Gilmário Sales, morto pela polícia na Bahia

pr.Gilmario Sales-e-cantor-Jeisivam Cristiano-mortos-supeito-de-integrar-quadrilha-18-10-13Membros de Igreja evangélicas, familiares e amigos fizeram uma passeata/protesto pela morte do pastor Gilmário Sales Lima e o evangelista Jeisivam Cristiano Dias no dia 17/10. Com cartazes e faixas, eles pedem justiça pela morte do pastor e de missionário, confundidos com ladrões.

Desolada, sentada na calçada, Dona Veranice ainda tenta assimilar uma tragédia que sua família ainda não aceita: a morte do pastor mae-do-pastor-na-manifestaçao-foto-varelaGilmário Sales Lima, de 24 anos, figura conhecida no meio evangélico em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.
O líder religioso voltava de um culto, em Feira de Santana, na semana passada, quando o carro dele se viu no meio de um tiroteio entre policiais e bandidos, numa operação para desarticular uma quadrilha em roubo de carros.
Com cartazes, inúmeros simpatizantes do trabalho do pastor, que estava acompanhado do missionário Jesivam Cristiano Dias Brito, de 26 anos, no dia da morte, se reuniram na praça em frente ao shopping Iguatemi para protestar pela morte dos dois e pedir Justiça na apuração dos erros cometidos pela polícia para resultar nesta catástrofe.
Com um trio elétrico, eles mobilizaram uma multidão e fecharam a pista da Avenida ACM sentido Tancredo Neves e Paralela. Com a manifestaçao-pela-morte-do-pr.mario-sales-pela-policiamensagem “Não era bandido”, eles pedem à Secretaria de Segurança Pública a punição para os policiais que teriam matado os pastores. Eles fazem também um abaixo assinado para que o delegado à frente da operação faça um pedido público de desculpas. O caso deve ser levado ao governador do estado.
A contradição marcou logo a apuração das informações passadas pela polícia, que afirmava que os dois seriam integrantes de uma quadrilha de roubo de carros em Salvador e em Feira de Santana.
A outra contradição foi o endereço das vítimas. A polícia afirma que os dois eram de Feira, e a reportagem do VN visitou a casa de um deles, em Simões Filho.
A mãe de um dos pastores deu uma declaração muito emocionante, enquanto os amigos lamentaram estarem “arrasados” com as mortes. Em uma outra constatação, a polícia descobriu que nem o nomes nem a voz dos dois pastores aparece nas gravações de escuta feitas pelos investigadores.
Confira o depoimento da mãe do pastor Mario Sales.



Obs.: Desligue a mídia localizada acima da listagem de Membros da comunidade G+ ao lado esquerdo da tela para que possa ouvir o vídeo. 

Com informação Varela Noticias
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Evangélicos fazem protesto pedindo justiça pela morte do pastor Gilmário Sales, morto pela polícia na Bahia"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial