::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





“Jesus Salva”: Frase no carro de piloto brasileiro que conquistou vitória emocionante na Fórmula 3

Brasileiro teve como melhores resultados duas vitórias (Brands Hatch e Nurburgring), um segundo e um terceiro lugares em sua primeira temporada completa na Europa.

O brasiliense Felipe Guimarães (Jesus Saves/Fittipaldi/Marc Jr) terminou a sua primeira temporada na Europa como quarto colocado no Campeonato Inglês de Fórmula 3. Na quarta e última rodada dupla, disputada neste final de semana (21 e 22/9) em Nurburgring, na Alemanha, o brasileiro teve o seu melhor desempenho do ano, somando um terceiro na abertura da programação, vitória na segunda prova de sábado e sétimo na corrida de encerramento.


“Foi um a temporada muito difícil, mas com muito aprendizado. Comecei o campeonato sem fazer pré-temporada e fui conhecendo o carro e algumas pistas durante as competições, além de ter usado um chassi antigo na primeira metade do torneio. Por isto, saio satisfeito, pois as minhas duas vitórias demonstram que sou competitivo e estou tendo o reconhecimento para subir de categoria com o apoio necessário”, comentou Felipe Guimarães, 22 anos de idade.

O melhor final de semana de Guimarães foi marcado pela sua segunda vitória na competitiva Fórmula 3 Inglesa, na 11ª e penúltima etapa do certame. “Foi uma corrida fantástica, uma das melhores da minha vida. Vim no limite do carro a cada curva, a cada volta. Dei o máximo de mim porque confiava que poderia vencer”, comemorou Felipe, que ainda estabeleceu a volta mais rápida da prova, mesmo sendo a sua primeira visita ao mítico circuito alemão. Esta foi a segunda vitória do brasileiro na Fórmula 3 inglesa. A primeira foi na oitava etapa, em Brands Hatch, na Inglaterra.

“Deus me abençoou muito. Só tenho a agradecer a Ele”, vibrou abraçado ao seu mentor Alex Dias Ribeiro, ex-piloto de Fórmula 1 que venceu a sua última corrida no automobilismo justamente em Nurburgring, quando corrida de Fórmula 2. “Foi a corrida da minha vida, 35 anos atrás. A minha satisfação com a vitória do Felipe é imensa e a alegria e gratidão a Deus que nos ensinou o caminho. Esta vitória é a abertura de um novo ciclo de alguém que está me substituindo levando a palavra de Deus mundo afora através do automobilismo”, comentou Alex, conhecido mundialmente por correr com a inscrição “Jesus Save” no seu carro de corridas, gesto repetido por Felipe Guimarães.

Felipe Guimarães também subiu no pódio na 10ª etapa, disputada na manhã de sábado (21/9), com um terceiro lugar, bem próximo do segundo. Na 12ª e última corrida (domingo) do ano o brasiliense largou em sexto e quando ultrapassava Jann Marldenboroug, na Arena Mercedes-Benz, levou uma batida do inglês e ambos rodaram. Felipe caiu para último e voltou 20 segundos atrás do pelotão. Fez uma corrida de recuperação e na última volta ainda brigou com Marldenboroug pelo quinto lugar, muito bem defendido pelo mexicano Alfonso Celis, com o brasileiro recebendo a bandeirada em sétimo, longe dos ponteiros.

“Não era o resultado que eu esperava, um quinto seria bem melhor. Mas valeu por toda a experiência que adquiri, estou muito mais forte do que no início do ano”, disse o quarto colocado do principal campeonato de Fórmula 3 do mundo, que só não venceu mais do que o campeão Jordan King (Inglatera), que somou quatro vitórias. O vice-campeão Antonio Giovinazzi (Itália) e William Buller (Irlanda do Norte), o terceiro, também conseguiram duas vitórias.

Confira os dez primeiros na décima etapa:

1) Jordan King, Inglaterra, Carlin, 15 voltas;
3) Antonio Giovinazzi, Itália, Double R, a 10s383;
3) Felipe Guimarães, Brasil, Fortec, a 11s374;
4) Jann Mardenborough, Inglaterra, Carlin, a 12s122;
5) Nicholas Latifi, Canadá, Carlin, a 12s615;
6) Tatiana Calderon, Colômbia, Double R, a 28s206;
7) Sean Gelael, Indonésia, Double R, a 30s241;
8) Spike Goddard, Austrália, Threebond, a 33s806;
9) Alfonso Celis, México, Fortec, a 34s722;
10) Sun Zheng, China, CF Racing, a 46s796, a 46s796.

Confira os dez primeiros na 11ª etapa:

1) Felipe Guimarães, Brasil, Fortec, 16 voltas;
2) Spike Goddard, Austrália, Threebond, a 0s227;
3) Tatiana Calderon, Colômbia, Double R, a 8s814;
4) Nicholas Latifi, Canadá, Carlin, a 12s991;
5) Jordan King, Inglaterra, Carlin, a 14s516;
6) Antonio Giovinazzi, Itália, Double R, a 24s379;
7) Sean Gelael, Indonésia, Double R, a 25s737;
8) Alfonso Celis, México, Fortec, a 34s676;
9) Chris Vlok, Nova Zelândia, West-Tec, a 1min00s904;
10) Sun Zheng, China, CF Racing, a 1min02s600.

Confira os dez primeiros na 12ª etapa:

1) Jordan King, Inglaterra, Carlin, 17 voltas;
2) William Buller, Irlanda do Norte, Fortec, a 1s398;
3) Antonio Giovinazzi, Itália, Double R, a 9s389;
4) Nicholas Latifi, Canadá, Carlin, a 10s385;
5) Alfonso Celis, México, Fortec, a 39s748;
6) Jann Mardenborough, Inglaterra, Carlin, a 40s325;
7) Felipe Guimarães, Brasil, Fortec, a 41s208;
8) Tatiana Calderon, Colômbia, Double R, a 53s664;
9) Sun Zheng, China, CF Racing, a 1min10s004;
10) Chris Vlok, Nova Zelândia, West-Tec, a 1min29s809.

Os dez primeiros no campeonato depois de doze etapas são: 1) Jordan King (Inglaterra), 176 pontos; 2) Antonio Giovinazzi (Itália), 135; 3) William Buller (Irlanda do Norte), 134; 4) Felipe Guimarães (Brasil), 109; 5) Nicholas Latifi (Canadá), 97; 6) Jann Mardenborough (Inglaterra), 85; 7) Tatiana Calderon (Colômbia), 79; 8) Sean Gelael (Indonésia), 78; 9) Jazeman Jaafar (Malásia), 58; 10) Alfonso Celis (México), 51.

Texto: Assessoria

http://velocidadetotal.com.br/
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "“Jesus Salva”: Frase no carro de piloto brasileiro que conquistou vitória emocionante na Fórmula 3"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial