::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Mulher morre porque médicos se negaram a fazer aborto


Uma mulher morreu em um hospital Católico da Irlanda após ter seu pedido de aborto recusado pelos médicos. A gravidez de Savita Halappanavar, de 31 anos, tinha passado dos quatro meses e ela pediu várias vezes aos funcionários do Hospital da Universidade de Galway para que um aborto fosse realizado. A mãe e a criança morreram.


De acordo com declarações do marido de Savita, Praveen Halappanavar, os funcionários do hospital disseram que não poderiam fazer um aborto justificando que "enquanto houvesse batimento cardíaco do feto" o aborto não era possível. O aborto é ilegal na Irlanda a não ser em casos de risco real para a vida da mãe. O procedimento é tradicionalmente um assunto muito delicado no país cuja maioria da população é católica.

Um inquérito aberto pelo governo irlandês deve averiguar a razão pela qual a equipe do hospital julgou que a vida de Savita não estava em risco.  Uma autópsia realizada dois dias depois concluiu que a causa da morte foi septicemia (infecção generalizada).

O Hospital da Universidade de Galway informou que vai realizar uma investigação interna e afirmou que não pode comentar casos individuais, mas vai cooperar com o inquérito sobre a morte de Savita.

Paulopes|Pátio Gospel Noticias

COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Mulher morre porque médicos se negaram a fazer aborto"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial