::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Salve Jorge: Devotos de santo rebatem criticas de evagélicos

Antes do lançamento de “Salve Jorge”, atual novela das 21h da TV Globo, já havia uma campanha no Facebook pedindo o boicote por parte dos telespectadores evangélicos. Logo depois, o bispo Edir Macedo alertou que se tratava de uma “armadilha espiritual” e que o santo guerreiro era cultuado pelas religiões afro, como umbanda e o candomblé, com o nome de Ogum.


Macedo recomendou que as pessoas assistissem ao seriado Rei Davi, que vai ao ar no mesmo horário. A autora do folhetim global declarou que era tudo uma jogada de marketing da Record. A audiência dos primeiros capítulos mostrou que a campanha não deu resultado.

Agora, tem crescido os ataques de devotos de São Jorge, que rejeitam as criticas contrárias ao seu santo predileto.

A “guerra santa” ficou mais acirrada quando o pastor José Donizeti, da Assembleia de Deus, em Jundiaí (SP), decidiu postar na rede social uma imagem onde aponta as mensagens subliminares que estariam escondidas na logomarca da novela. Para ele, as duas pedrinhas vermelhas, “simbolizam a união dos orixás e a adoração a entidades espíritas”. Com mais de 50 mil compartilhamentos, a imagem traz os comentários do pastor: “Na verdade, o nome desta novela é ‘Adoradores de Ogum’! Aí vai o alerta para você. Depois, se sua vida começar a ser amaldiçoada por assistir este lixo, não reclama que Deus não te avisou!”.

O portal iG entrevistou Donizeti, que reforça: “Tem mensagem subliminar ali. Veja bem, o que é salve? É viva. Quando você fala viva para alguém, você está saudando. Quando é para um Deus, isso se torna uma adoração. Deveriam usar um título mais popular, como São Jorge ou Santo Jorge. Com ‘salve’, eles entram em um aspecto que as pessoas não vão entender”.

Ele explica que não proíbe os fieis nem está criticando a rede Globo como um todo, mas está exercendo seu papel de líder espiritual: “Só digo que não é certo, a pessoa toma a decisão. Na nossa igreja, é proibido proibir. Pra gente, o que é Ogum? Nós, evangélicos, cremos em um único e verdadeiro Deus, que é o senhor Jesus Cristo. Quando se fala em adorar Ogum, em fazer algo para ele, isso vai contra a fé evangélica. É uma coisa que temos direito de alertar os fiéis”.

Porém, os devotos de São Jorge resolveram usar o Facebook para defender o santo. “Aos evangélicos que criticam a novela ‘Salve Jorge’: quando tiver feriado do santo, por favor, trabalhem, porque ficar de folga em homenagem a santo é adoração também”, diz uma imagem já compartilhada por quase mil pessoas.

Manoel Alves de Souza, presidente da Federação Brasileira de Umbanda, classifica o movimento dos evangélicos de “uma sandice desses indivíduos”. Ele explica: “Não tem nada a ver. Na verdade, a umbanda não adora o orixá. Ela trabalha com os orixás e os respeita. Esse negócio de adoração está na cabeça deles. Trabalhamos com os orixás, com os elementos da natureza”. Ao falar sobre as pedrinhas mencionadas pelo pastor, assevera: “Nunca reparei nessas pedrinhas, vou procurar para ver se descubro. Isso é crendice, especulação”, diz. “A novela é uma homenagem merecida. Ogum é um orixá muito importante para a umbanda e o candomblé. É o orixá que vence demandas. É um guerreiro, forte, que combate o mal”.

Entre os católicos, o Dia de São Jorge é opcional desde 1969, pois o papa Paulo VI ressaltou que não há documentação histórica para provar que esse “santo guerreiro”, nascido na Capadócia (Turquia) realmente existiu.

gospelprime.com.br


COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Salve Jorge: Devotos de santo rebatem criticas de evagélicos"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial