::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Marco Feliciano diz que os líderes evangélicos precisam se unir


O deputado federal, Pastor Marco Feliciano (PSC/SP) criticou a falta de união entre os principais líderes cristãos após o resultado do segundo turno das eleições municipais. Nas quatro capitais que tiveram segundo turno os candidatos com apoio de igrejas evangélicas perderam com uma quantidade significativa dos votos.


Fernando Haddad (PT) que recebeu duras críticas de líderes evangélicos por causa de ter sido o idealizador do famigerado “Kit Gay”, que seria distribuído em escolas publicas para crianças, acabou sendo eleito em São Paulo. Vanessa Grazziotin (PCdoB) que dividiu a opinião de líderes evangélicos por apoiar o PLC 122 e pertencer a um partido comunista, apesar de ter o apoio de dois dos principais líderes de Manaus não conseguiu ser eleita e acabou derrotada por 65,95% dos eleitores que votaram no candidato Arthur Neto (PSDB) que recebeu o apoio do pastor Silas Malafaia.  Grazziontin teve apenas 34,05% dos votos válidos. Haddad teve 55,57% dos votos válidos, enquanto o tucano teve 44,43%.

“Enquanto uns forem de Pedro outros de Paulo e alguns de Apólo seremos sempre facilmente vencidos. Precisamos de foco, engajamento e direção! Se lideres cristãos tivessem a humildade de juntos discutir o Brasil de amanhã deixando as diferenças de lado, fariam história!”, escreveu o pasto Marco Feliciano em seu Twitter.

Para o líder da Assembleia de Deus Catedral do Avivamento se os líderes se unirem poderão ter alguma influência na política do país. “Imaginem juntos os principais lideres evangélicos, os televangelistas, a CNBB, criando uma estratégia para implantar o governo do Justo”, escreveu.
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Marco Feliciano diz que os líderes evangélicos precisam se unir"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial