::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Blasfemia: Versão gay da Última Ceia


"A Última Ceia", de Leonardo da Vinci na adaptação de Elisabeth Ohlson Wallin Jesus é travesti e está de vestido e salto alto. Ao redor de Jesus os discípulos viraram transsexuais, vestidos e maquiados de forma extravagante. A exposição foi aberta em Belgrado, capital da Sérvia. 


Com tanta polêmica na exposição da Última Ceia com Jesus "adaptado", aproximadamente 2 mil homens da polícia local fizeram um cordão de isolamento para garantir que manifestantes não invadissem a mostra “Ecce Homo”. Líderes nacionalistas e cristãos já pediram o cancelamento da mostra e uma multidão protestou do lado de fora ao que chamaram de “insulto” ao cristianismo.

Travestis

Criado em 1989, o trabalho da artista traz 12 fotos em que Jesus Cristo é interpretado como transexual, travesti, gay, em cenas polêmicas, como a versão de “A Santa Ceia” de Da Vinci, em que Jesus aparece de salto alto preto. Em outras, as imagens insinuam que Jesus morre por causa da Aids (ou o preconceito). Jesus aparece em uma das fotos com o triângulo rosa, marcação dos nazistas em travestis nos campos de concentração. E ainda, em outra imagem, Jesus é venerado por homens vestidos de couro. Ou aparece morto por skinheads.

Os apóstolos também são retratados como homossexuais, em imagens que reinterpretam a fé cristã de um ponto de vista inclusivo ou provocativo. A mostra abriu o mês do orgulho gay na cidade que teve a sua parada cancelada por motivos de segurança pelo segundo ano consecutivo.

patiogospel.com.br
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Blasfemia: Versão gay da Última Ceia"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial