::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Assembleia de Deus acusa Kassab de “perseguição” e dá bênção a Russomanno


Segundo as recentes pesquisas eleitorais para a Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB) tem surgido como o “favorito dos evangélicos”, segundo o jornal O Estado de São Paulo.


No último domingo, Russomanno subiu ao púlpito da Assembleia de Deus do Ministério de Santo Amaro e recebeu a bênção do líder evangélico político Renato Galdino, que pediu “renovação” na cidade. Sua fala ocorreu no púlpito da Igreja, diante do público e dos cerca de 500 pastores presentes.

Galdino é um dos líderes dessa ala da Assembleia de Deus, e acusou o prefeito Gilberto Kassab (PSD) de perseguição, pois já fechou templos evangélicos que operavam sem alvará.

“Quando nós chegamos a um departamento da Prefeitura, muitas vezes somos desprezados. Subentende-se que é preciso uma mudança na qual possamos ter o nosso templo”, explicou.

Vinícius Carvalho, pastor da Igreja Universal e presidente estadual do PRB, completou: “É o momento de tirarmos esse espinheiro que tem dominado o povo e de colocarmos para governar a cidade uma pessoa temente a Deus”.

Russomanno respondeu a todos que “não quer e não vai” fechar nenhuma igreja. “A política deve ser de orientação aos pastores para que regularizem sua situação – não perseguindo, não fechando as igrejas, porque isso é um absurdo”, disse após o culto.

O período eleitoral em São Paulo tem sido marcado pela influência dos religiosos de várias vertentes. Enquanto José Serra ganhou a benção do apóstolo Valdemiro e do Padre Marcelo Rossi, além da Convenção Geral da Assembleia de Deus. Gabriel Chalita fechou com a  AD Madureira. Após ser denunciado por Malafaia, Fernando Haddad do PT dispensou o apoio de qualquer igreja.

Redação Gospel+
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Assembleia de Deus acusa Kassab de “perseguição” e dá bênção a Russomanno"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial