::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Pastor Samuel Câmara quer liminar para cancelar Assembleia geral da CGADB


O pastor Samuel Câmara, por meio de seu advogado, vai entrar com uma liminar para cancelar a 5ª Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleia de Deus do Brasil (CGADB) que aconteceu em Alagoas entre os dias 6 e 8 de junho.


Mesmo sem ter pautas ligadas à eleição da CGADB, o pastor da AD de Belém quer ter voz nas decisões da AGE para poder votar nas alterações dos estatutos.

Para poder aprovar cada pauta da AGE é necessário ter dois terços de votos positivos no quorum, mas pelas contas de Samuel Câmara ele tem quase a metade dos pastores como aliados.

Mais de 2,2 mil pastores estavam inscritos, mas menos de 2 mil compareceram, como cerca de mil pastores são aliados de Câmara o plenário não poderia ter os votos de dois terços para realizar as aprovações, pois Silas e sua base aliada votariam contra.

Os temas votados dizem respeito apenas à alteração do Credo cristão das Assembleias de Deus e a inclusão dos parâmetros bíblicos referentes ao casamento entre homem e mulher. Ou seja, são assuntos de interesse geral que não deveriam intervir entre as questões eleitorais que envolvem ele e o atual presidente da CGADB, o pastor José Wellington Bezerra da Costa.

O pastor Antônio Mesquita relatou o caso em seu blog, Fronteira Final, e disse que a atitude casou grande desconforto entre os pastores presentes.

“Durante a reunião de ontem à tarde, houve muito desconforto entre homens tementes e que não viam nenhum propósito na realização dessa AGE, em função das notabilizadas intolerâncias, por meio de atitudes que depõem contra qualquer cristão e que se agravam quando se trata de ditos ministros do Evangelho”, escreveu.

Fonte: Gospel Prime
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Pastor Samuel Câmara quer liminar para cancelar Assembleia geral da CGADB"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial