::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Pastores foram impedidos de realizar o batismo de Bruno


Os pastores Anderson e Aline Duarte, líderes do ministério Igreja Evangélica Restaurando Vidas, disseram em entrevista ao jornal Extra que foram impedidos de entrarem na penitenciária Nelson Hungria, em Minas Gerais, na última quinta-feira (31) para batizarem o goleiro Bruno.


Pelo relato do casal, a direção da unidade proibiu a entrada e agora só poderão realizar outra reunião com autorização. “Não sabemos o que houve. Agora, precisamos de uma autorização da unidade para realizar o batismo. Se não conseguirmos lá dentro, vamos esperar que ele saia”, afirmou o pastor.

Anderson e Aline comentaram também que o atleta, preso desde 2010, suspeito de participar da morte de sua ex-amante, Eliza Samúdio, resistiu à pregação e demorou mais de dois meses para aceitar participar das reuniões que acontecem duas vezes por semana no presídio.

“No começo, ele chegava muito devagar e preocupado. Até mesmo porque a mídia estava batendo muito nele. Antes, não assistia a todas as nossas reuniões. Hoje, ele participa de todos os encontros”, conta a pastora Aline.

Ela também diz que foram dois meses para que ele se aproximasse do grupo e outros cinco para que ele se preparasse para receber o batismo e por esse motivo o casal ficou frustrado em não poder realizar a cerimônia.

Sobre os crimes que ele supostamente cometeu, o casal de ministros evangélicos procura não comentar, assim como fazem em relação aos outros presos. “Nosso trabalho é feito com respeito e a palavra de Deus. Somos apenas intermediários Dele para levar uma palavra de conforto a esses presos”, diz a pastora.

Não há uma nova data marcada para que o batismo de Bruno aconteça.

http://noticias.gospelprime.com.br
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Pastores foram impedidos de realizar o batismo de Bruno"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial