::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Resposta ao desafio de Malafaia


Blogueiro responde ao desafio de Silas Malafaia e afirma que o pastor é “covarde” e só impressiona “crente que ainda bebe leite em pó”. 

O desafio de Silas Malafaia aos blogueiros que o criticam tem rendido publicações em resposta à seu convite.


O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, desafiou no último sábado, 19/05, os blogs e sites de notícia que o criticam por sua mensagem atrelada à teologia da prosperidade a provarem que suas pregações não são embasadas na Bíblia.

Em resposta, Antognoni Misael publicou artigo em no Púlpito Cristão afirmando que o pastor Silas Malafaia é covarde: “Silas Malafaia é um tremendo covarde! C-O-V-A-R-D-E! Isso mesmo que você leu. Somado ao seu lado, sarcástico, indomável, arrogante, prepotente, aos poucos outra face é revelada: a de covarde”.

De acordo com Misael, Malafaia não tem coragem para pedir e “contrata” os pastores Mike Murdock e Morris Cerullo para arrecadar ofertas: “Sua falta de coragem denota-se pela insegurança em relação ao que ele prega e crê – por isso contrata seus bonecos de marketing Mike Murdock e Morris Cerullo pra ‘assaltar’ os humildes brasileiros, coisa que ele não tem coragem de assumir abertamente ao maquiar suas pretensões”.

O blogueiro afirma que apenas incautos se impressionam com as investidas de Malafaia contra ativistas gays: “Aqui e acolá alterna seu lado apostata com seu lado de protetor da família cristã ao lutar com unhas e dentes contra a PL 122. Isso lhe faz recuperar alguns pontos perdidos quando criticado pelas ‘vendas de indulgências modernas’, ‘unções de medida extra’, ou a tal ‘unção financeira dos últimos dias’ – história de carochinha pra crente que ainda bebe leite em pó!”, critica Misael.

Antognoni Misael frisa que o desafio lançado por Silas Malafaia é o reconhecimento de culpa perante as acusações: “Silas é covarde porque tem medo dos bereianos espalhados por aí, e não assume. Lançar desafio aos quem supostamente ‘não teriam voz’ é a prova mais certa de que ele vestiu a carapuça”.

Confira a íntegra do artigo “O lado covarde de Silas Malafaia e o desafio de tolo”, de Antognoni Misael:


Silas Malafaia é um tremendo covarde! C-O-V-A-R-D-E! Isso mesmo que você leu. Somado ao seu lado, sarcástico, indomável, arrogante, prepotente, aos poucos outra face é revelada: a de covarde.
Veja que “covardia” tem a ver com falta de coragem, medo, ou fraqueza de ânimo.
Sua falta de coragem denota-se pela insegurança em relação ao que ele prega e crê – por isso contrata seus bonecos de marketing Mike Murdock e Morris Cerullo pra ‘assaltar’ os humildes brasileiros, coisa que ele não tem coragem de assumir abertamente ao maquiar suas pretensões. Seu medo inverte-se em furor, por isso os ataques destemperados a todos que conhecem onde está a sua ferida. Já a sua fraqueza de ânimo o leva a necessitar de constantes desafios (round’s, Fight’s) para que legitime a sua “grandeza” e “poder” – certamente ele se pensa e se diz: Sou a voz de Deus no Brasil, eu SOU inabalável!
Aqui e acolá alterna seu lado apostata com seu lado de protetor da família cristã ao lutar com unhas e dentes contra a PL 122. Isso lhe faz recuperar alguns pontos perdidos quando criticado pelas “vendas de indulgências modernas”, “unções de medida extra”, ou a tal “unção financeira dos últimos dias” – história de carochinha pra crente que ainda bebe leite em pó! Este lado me arrisco dizer, é mescla de malandragem, psicologia e marketing. No Mala, não se engane, a Verdade (Gospel) parece não ser a prioridade!
Para Malafaia não interessa chegar a uma conclusão relevante sobre as coisas da vida, temas cristãos, ou sobre si, o que vale é a vitória perante os “fracos”. Por isso sua cosmovisão remete a um constante embate entre perdedores, fracos, frouxos e vencedores, poderosos e donos da “verdade”. Não é a toa que seu vocabulário natural sempre vive em posição de constante ataque.
Silas é covarde porque tem medo dos bereianos espalhados por aí, e não assume. Lançar desafio aos quem supostamente “não teriam voz” é a prova mais certa de que ele vestiu a carapuça. Se o “Mala” tem a convicção de que não prega heresias, pra que levar a sério tais acusações? (Pesado fardo é a consciência suja não é?)
Contudo, não esqueçamos: o “Mala” fez campanhas financeiras onde por 900 reais vendia bíblia de estudo em troca de bençãos materiais; popularizou o “trízimo“; pediu 1000 reais para salvar a alma de algum parente ou amigo, e também o dinheiro do aluguel, da conta de luz e do gás…; baixou a xepa pra 610 Reais, e a gora, cheio de óleo de peroba na cara vem solicitar um exame teológico de sua pregação com data e hora marcada!
Isto é que é desafio de tolo. Silas não engana mais – “a piscina tá cheia de ratos”…  Mas, eu ainda devaneio. Tenho esperança de que esta dura cerviz se quebre, que ele reconheça quão desvirtuado é o caminho que escolheu seguir. Enfim, para um covarde que grita por medo o melhor remédio é a verdade na cara! Que um dia ele tenha a hombridade de assumir: “pequei contra Deus e Sua Verdade”.
***
Antognoni Misael, pecador salvo pela Graça (mas segundo “o Mala”, um bandido, desocupado, insolente e fracassado) que edita o Arte de Chocar e faz uma temporada pilotando o Púlpito Cristão
Fonte: Gospel+



COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Resposta ao desafio de Malafaia"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial