::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Teóloga causa polêmica ao afirmar que Jesus pode ter sido um hermafrodita

A doutora Susannah Cornwall publicou este mês um polêmico artigo no qual afirma ser “simplesmente um palpite” que Jesus era do sexo masculino e que Ele pode ter sido um hermafrodita (nascido com os dois sexos).

A teóloga feminista é ligada ao Instituto Teológico Lincoln, da Universidade de Manchester, e descreve-se em seu blog como uma especialista em: “Pesquisa e escrita sobre teologia feminista, sexualidade, gênero, realização, ética e outras coisas divertidas como essas”.


Intitulado “Intersexo e Ontologia, uma resposta à Igreja, às bispas e à Provisão” o artigo afirma que não é possível saber com certeza” que Jesus não possuía uma condição intersexual, tendo nascido com órgãos masculinos e femininos. Ela argumenta dizendo que “não é possível afirmar com certeza de que Jesus era um homem como nós, hoje, definimos a masculinidade. Não há como saber ao certo que Jesus não tinha uma condição intersexual que lhe daria um corpo externamente masculino, mas que podia ter algumas características físicas femininas escondidas”.

A teóloga prosseguiu seu argumento citando o trabalho do pastor anglicano e ginecologista John Hare, que defende a homossexualidade como uma questão genética e dizendo: “Não podemos saber com certeza que Jesus era do sexo masculino, uma vez que não temos um corpo para examinar e analisar. Logo, o Jesus visto (nos Evangelhos) como gênero masculino precisa suportar o peso de toda esta autoridade”.

As declarações de Cornwall causaram controvérsias também em sua própria comunidade. Um dos membros da igreja afirmou: “Ela não pode dizer que Jesus não era um homem só porque ninguém jamais viu o seu pênis”.

Fonte: Gospel+
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Teóloga causa polêmica ao afirmar que Jesus pode ter sido um hermafrodita"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial