::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Marco Feliciano: "Que Deus nos ajude! E nos ajude logo..."

Deputado desabafa, questionando a “ditadura gay” e os “fascistas” do governo

O deputado federal e pastor Marco Feliciano fez um desabafo em seu blog sobre alguns acontecimentos recentes envolvendo o governo e os evangélicos.


Ele questionou as declarações recentes do ex-ministro Chefe da Casa Civil José Dirceu, que atacou os evangélicos. Feliciano voltou a denunciar o que chama de  “ditadura gay, que tem, sem sombra de duvida o apoio de uma esquerda petista”. Embora seu partido, o PSC, seja da base aliada, ele tem se posicionado contantemente contra uma série de medidas e propostas do governo Dilma que contrariam a fé cristã.

Também criticou a ação movida pela Liga de Lésbicas do Brasil que resultou na retirada de  todos os crucifixos e outros simbolos religiosos dos espaços públicos no Rio Grande do Sul.

Para o deputado, a situação é bastante séria e exige uma resposta pois, para ele, os gays militante são uma minoria “que sob uma camuflagem de perseguição, tenta e consegue impor seu modo de vida promíscuo, seus pensamentos anti-família-e-anti-bons-costumes”.

A preocupação de Feliciano se justifica pela série de ações coordenadas que ocorrem em diferentes partes do Brasil, sempre colocando em dúvida a seriedade dos pastores e das igrejas evangélicas. E mais importante do que isso, é o apoio claro que a militância gay no Brasil possui pois, denuncia ele, “está sendo amparada pelos cofres públicos. Muito dinheiro tem sido investido neste tema, e tudo em nome de uma tal homofobia coletiva nacional, que inexiste!”

O questionamento do pastor, que é um dos mais ativos da Frente Parlamentar Evangélica, é quanto ao futuro do país, uma vez que, no seu entendimento, a  sociedade brasileira “vive em função do que pensam e de como agem classes artitiscas e midiáticas”. Ele classificou o movimento anti-religião no Brasil como obra de “fascistas” e apelou para o bom senso dos brasileiros em enxergarem isso.

Recentemente, o parlamentar usou a tribuna da Câmara para defender as acusações contra o pastor Silas Malafaia e pediu que o governo dê atenção ao caso do pastor iraniano Yousef Nadarkhani que poderá morrer por causa de sua fé em Cristo.  Isso mostra que ele tem acompanhado de perto tudo que sai na mídia a respeito dos evangélicos.

No final de seu texto, ele fez um apelo sério “O que virá a seguir? Que Deus nos ajude! E nos ajude logo, antes que, esses fascistas, expulsem de uma vez Deus da nação brasileira”.

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Marco Feliciano: "Que Deus nos ajude! E nos ajude logo...""

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial