::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Guerra Santa: Fazendas do ''apóstolo'' Santiago valem R$ 50 milhões

Conforme foi denunciado no último domingo (18), em reportagem especial do programa "Domingo Espetacular", da Rede Record, as fazendas Santo Antônio de Itiquira (11.054 hectares) e Formosa (15.080 hectares) estão em nome de Valdomiro e de sua esposa, a "bispa" Franciléia de Castro Gomes de Oliveira.

As propriedades, que juntas possuem cinco mil cabeças de gado nobre – rebanho avaliado em R$ 6,5 milhões –, foram supostamente compradas com dinheiro arrecadado pela Igreja Mundial, por meio da doação dos fiéis. Na região, os moradores não têm dúvidas de que o “apóstolo” seria o novo criador de gado do município.

De acordo com os documentos do Cartório do 2º Ofício de Santo Antônio do Leverger, apresentados na reportagem, as propriedades foram pagas à vista e em dinheiro, “valor devidamente recebido anteriormente pela Igreja Mundial do Poder de Deus”.

A Fazenda Itiquira, administrada pelo irmão de Valdemiro, Nicanor Paula Gonçalves de Oliveira, custou R$ 29.096 milhões e está em nome da empresa W. S. Music Ltda, representada pelo apóstolo da Igreja Mundial e sua esposa. No documento de compra e venda da terra, Nicanor aparece como procurador, primeiramente, da Igreja, e depois, da empresa W. S. Music.

O curioso é que a empresa produtora de CDs, DVDs e livros, da qual Valdomiro e sua esposa aparecem como sócios majoritários, funciona em uma pequena sede, no centro de São Paulo (SP), e tem um capital declarado de aproximadamente R$ 50 mil – o que não renderia lucro suficiente para a compra à vista das suas propriedades em Mato Grosso.

Já a Fazenda Formosa, segundo os documentos do cartório apresentados na reportagem da Rede Record, foi adquirida, também à vista e em dinheiro, pela Igreja Mundial do Poder de Deus, representada por Valdemiro Santiago. A fazenda custou R$ 20 milhões e sua extensão é resultado da união de três propriedades vizinhas.

O “apóstolo” aparece como arrendatário da propriedade, o que significa que ele tem participação direta na produção e nos lucros da fazenda. Além disso, o presidente da IMPD requereu, junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a Licença Ambiental da fazenda, alegando que ela é de sua propriedade.

Ordens de despejo

No período compreendido entre setembro de 2010 e novembro de 2011, quando as propriedades teriam sido compradas, a IMPD recebeu 59 ordens de despejo, apenas em São Paulo, de acordo com o Tribunal de Justiça do Estado.

A razão para os despejos seriam a falta de pagamento de aluguéis dos prédios onde funcionam as sedes da entidade.

Defesa

Recentemente, em pregações feitas em seu programa de televisão, o “apóstolo” Valdemiro se defendeu das acusações levantadas pela Rede Record e disse que todos os fiéis sabem da existência da fazenda e que ela é da Igreja, usada por ele e pela esposa para descanso, e que não custou nada dos fiéis.

Valdemiro alegou que a Rede Record, que é de propriedade do bispo Edir Macedo – líder da Igreja Universal do Reio de Deus –, está tentando acabar com a exibição de seu programa religioso na televisão e estaria prejudicando as arrecadações e atividades de sua igreja, chegando a desafiar o bispo Macedo a mostrar sua conta bancária para a Justiça.

Em Cuiabá, a informação é de que apenas a sede da Igreja, em São Paulo, poderá se pronunciar sobre o assunto. No site da entidade, no entanto, os telefones disponíveis para contato são apenas para pedidos de oração.

Investigações

Ainda nesta semana, o Ministério Público Federal em Mato Grosso deverá dar início às investigações para apurar as denúncias de enriquecimento ilícito e fraude contra o sistema financeiro nacional, práticas que estariam sendo cometidas pelo “apóstolo” e fundador da IMPD.

A Receita Federal, por sua vez, também já anunciou que vai investigar Valdemiro Santiago por suposto enriquecimento ilícito.

Visita à Cuiabá

Após as denúncias feitas, as sedes da IMPD em Mato Grosso começaram a distribuir, nesta semana, milhares de panfletos anunciando a visita do “apóstolo” Valdemiro, acompanhado da bispa Franciléia,em maio, a fim de comemorar os 14 anos de fundação da Igreja.

O evento deverá acontecer na Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), às 15h.

Fonte: http://www.cenariomt.com.br
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Guerra Santa: Fazendas do ''apóstolo'' Santiago valem R$ 50 milhões"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial