::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Senador Magno Malta ensina para Silas Malafaia como deve ser a conduta de um homem de Deus.

Em seu discurso o lider  evangélico usou as palavras “safado”, “camaleão” e “mentiroso” para se referir a Gilberto Carvalho. “Lave a sua boca com álcool . Você precisa aprender a respeitar as pessoas. Vá procurar sua turma. Está brincando com quem?”, questionou Magno Malta.


Magno Malta disse que os evangélicos foram desrespeitados e que o ministro precisa lembrar da importância que esse grupo religioso tem no Brasil. “Quem mais tira drogado da rua nesse país são os evangélicos”, disse. Ainda inconformado com as palavras de Carvalho o senador afirmou que ele é “um sujeito que nos bajula, mas não da para ouvir esse cara de pau falar e ficar calado. Mexeu no lugar errado”.

Agora veja o que o diz o site do Silas Malafaia “

PT estuda confronto com evangélicos; Pr. Silas Malafaia  Comenta.

Na verdade,  Gilberto Carvalho não é o PT e nem representa o PT, Como  também Silas Malafaia nunca foi representante dos evangélicos.Malafaia joga para cima do PT,  posições isoladas  de integrantes do partido. É com condenar as comunidades evangélicas, pelo comportamento inadequado de alguns  lideres evangélicos.Malafaia deveria  estar pregando o evangelho, e não fazendo jogo politico.

Fonte: http://epocaestadobrasil.wordpress.com/
COMPARTILHAR:

+1

1 Response to "Senador Magno Malta ensina para Silas Malafaia como deve ser a conduta de um homem de Deus."

  1. Caro autor, das duas uma: Ou houve um equívoco de minha parte, e eu ñ entendí bem o que o Silas disse, ou foi você que não entendeu. Segundo o meu entendimento, quando o Silas diz: "Na verdade,  Gilberto Carvalho não é o PT e nem representa o PT, Como  também Silas Malafaia nunca foi representante dos evangélicos.", ele está tentando mostrar que o PT, não pode e nem deve ser cobrado ou responsabilizado por declarações e opiniões pessoais, de um integrante. O senhor Gilberto esboçou pensamentos seus, não uma ideologia petista. O que Silas fez foi dizer que "o coletivo não tem culpa; e o erro é daquele indivíduo"! É como se o Silas estivesse dizendo que " atribuir à igreja, culpa dos pecados de um único indivíduo(no caso, ele), é errado. Silas faz justamente o contrário do que você disse; ele joga toda a responsabilidade no Gilberto. Ah, outra coisa: Não tente criar polêmicas com coosas que podem tornar-se um "grande incêndio na floresta"! Leia Tg cap 3 e entenderás.

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial