::: Os melhores filmes evangélicos estão aqui. Fique conosco!!! :::





Pastores criticam veementemente a teologia da prosperidade

O conceituado Pastor Ciro Zibordi, em seu blog deixa um alerta para o mal da teologia da prosperidade e afirma ser ela uma aberração:

“Por outro lado, é evidente que a teologia da prosperidade é uma aberração, à luz da Bíblia. Por quê? Porque ela é reducionista e prioriza a prosperidade material. Ela faz com que toda a mensagem da Bíblia gire em torno de conquista de dinheiro, bens, riquezas. E induz o crente a supervalorizar as coisas desta vida terrena e passageira, em detrimento das “coisas que são de cima” (Cl 3.1,2; 1 Co 15.57).”


Em post recente em seu blog, pastor Waldex Silva também comenta sobre a polêmica em questão e afirma que ela  “é anti-bíblica e herética”:

“Tudo isso leva-nos a conclusão de que essa tal deteologia da prosperidade’ não possui embasamento bíblico e não contém a essência de Deus que é Seu amor. Ela é anti-bíblica e herética, pois consiste na anulação da soberania de Deus uma vez que a mesma esta embasada na crença da Confissão Positiva.

O pastor Esequias Soares na EBD Web faz o seguinte comentário sobre a confissão positiva:

“A Bíblia diz que devemos confessar nossas culpas para que sejamos sarados (Tiago 5.16) e isso não parece ser confissão positiva. Apóstolo Paulo afirma haver se contentado com a abundância e com a escassez (Filipenses 4.11-13). É verdade que a doença é conseqüência da queda do Éden, mas dogmatizar que todos os enfermos estão em pecado ou não têm fé é ir além do que está escrito. Há casos de pessoas que foram enfermas por desobediência a Deus (Números 12.10). Por outro lado, há casos de homens de Deus serem enfermos fisicamente. Timóteo (1 Timóteo 5.23) e Trófimo (2 Timóteo 4.20) são exemplos. Devemos ter discernimento para sabermos quando o caso é puramente clínico e quando é espiritual.”.

Já o Pastor Marco Feliciano, acusado de ser também um propagador da teologia da prosperidade nega completamente e afirma:

“Teologia da Prosperidade, não pode ser comparada com a Prosperidade que vem da Teologia. Existe na palavra centenas de afirmações sobre a benção que enriquece, que o Senhor é dono do ouro e da prata, que a prosperidade vem ao fiel”.

Redação
Espaço Gospel
COMPARTILHAR:

+1

5 Responses to "Pastores criticam veementemente a teologia da prosperidade"

  1. A negligencia está crescendo cada dia mais, isso traz para com fieis o despontamento em sua caminhada com Cristo Jesus, se fossemos olhar para a questão de posição, postura, dever, obrigação, as quais são obrigatórias em um caráter de um educador que quer ver os seus seguidores fazendo o que é certo, ou seja, obedecendo a lei e vivendo pela fé, isso retrata que o caráter do ser humano vai passar por transformação devido à dureza de seu coração em agradar a Deus, então razão de não ser prospero não quer dizer que temos maldição, não é questão de falta administrar sua renda, e tão pouco que nascemos não prospero e vamos sem tomar posse do leite e mel que Deus nos colocou por herança aqui na terra, mas vamos atentar em uma só questão vamos arrepender-nos de nossos caminhos tortuosos e voltarmos a Deus e se entregarmos de todo coração, a certeza que seremos abençoado tanto das coisas do alto como da terra, mas se ficarmos somente no alvo das coisas terrenas não seremos íntimos de Deus e sim inimigos de Deus, pois, no tempo de Deus ele tudo fará a nosso respeito, abra seu coração a Deus seja sincero e ele vos ouvira! •II CRÔNICAS (cap. 7)•
    14 e se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se desviar dos seus maus caminhos, então eu ouvirei do céu, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.

    ResponderExcluir
  2. É triste em ver como muitos da liderança das igrejas evangélicas estão se perdendo com assuntos fúteis ou até mesmo antibíblicos, enquanto deveriam se preocupar em levar o evangelho até os confins da terra.
    A Bíblia diz "Não entres em questões loucas... porque são coisas inúteis e vãs" (Tt. 3.9), mas o que muitos estão fazendo é exatamente o oposto! O grande apóstolo Paulo disse "Prega a Palavra" (2Tm. 4.2), não Prega a Prosperidade! Se Deus quiser fazer um de seus filhos próspero, Ele o fará, mas não é necessário essa busca frenética de prosperidade!
    JFJ - Mestrando em Teologia

    ResponderExcluir
  3. Graça e Paz!

    Prosperar é pecado?

    Essa é uma pergunta que assola o coração de muitos filhos de Deus, pois durante séculos o retrato, o modelo de um cristão era o de ser “humilde”, nome dado a aqueles que sempre viveram em situações de pobreza e miséra, podemos dizer que até hoje o é; Mas humildade não tem nada a ver com a situação economica ou social de um indíviduo, o termo vem do latim “humilitate”e significa modéstia(ausência de ostentação, luxo).Perceba, andar de sapato furado, carro amarrado com arame, morar em situação precária não tem nada a ver com humildade.

    De alguns anos para cá as pessoas estão se despertando para isso e passaram a buscar nas igrejas respostas de Deus e vitórias em suas vidas profissionais e financeiras e de certa forma isso gerou uma revolta dos inimigos da fé. Frases como: “Cuidado com os pregadores da teologia da prosperidade”, passaram a ser pregadas nos púlpitos, “Deus não tem nada a ver com as riquezas, ou você serve a Deus ou a Mamon”, invertendo muitas vezes o sentido do texto para justificar a “teologia do fracasso, da miséria, da fé da sorte, tudo para não dar o braço a torcer. Foi assim que os fariseus fizeram com Jesus. Evangelho são boas novas e como vou dar boas novas dizendo: Você vai viver na miséria mas vai agradar a Deus, como se uma pessoa prospera não o agradasse, você não tem nada mas se morrer vai para o céu, como se uma pessoa que tivesse de tudo não o fosse. Engraçado que estes que defendem que buscar prosperidade é pecado tem uma vida regalada, porém o seu povo…

    Ai é o porquê da questão, mais uma vez o povo sendo sugado, sofrendo, padecendo, sendo privado da verdade, sendo sufocados e ensinados que vivendo sem nada estão agradando a Deus. Diante disso vamos a bíblia, vou dar 3 motivos para a partir de hoje você parar de dar atenção a quem não tem nada para te oferecer e passar a dar crédito a Deus e buscar crescer e ser próspero em Deus e sem medo de ser feliz ou de estar pecando contra Deus.

    Em primeiro lugar, prosperidade é dom de Deus, Ecl 5.19.Se é dom de Deus, é algo gratuito de Deus para a minha vida eu quero, se vem de Deus eu assumo pois tudo o que Dele vem é bom.Deus nos dá bens e mais, poder para deles gozarmos.

    Em Segundo lugar, Deus ama a prosperidade do seu servo, Sl 35.27 , veja bem o texto, Deus ama, não aborrece, pois um servo de Deus sabe priorizar o Reino de Deus, sabe reconhecer que tudo o que ele tem vem do Senhor, nunca coloca o dinheiro ou que quer que seja a frente do Senhor, mas faz do dinheiro uma ferramenta nas mãos do Senhor.

    Em terceiro lugar, a prosperidade é um sinal de obediência, Lc 6.38 .Não há prosperidade se primeiro não houver fidelidade.Quando sou obediênte a Palavra e a Deus sem dúvida alguma eu vejo o cumprimento Dela em minha vida, pois a Palavra não volta vazia jamais.

    Quando falamos em prosperar estamos falando em ter todas as necessidades supridas e ter sobras.

    Tudo depende de você a partir de agora, decida, você pode viver uma vida de miséria sendo crítico, reclamando da vida, do governo e acusando pessoas de serem desonestas para prosperarem ou para de ficar olhando para a vida dos outros, procurando motivos para justificar a miséria que está vivendo e passar a viver o evangelho de Jesus, o evangelho que prospera sim, cura sim, santifica sim, restaura sim e ainda leva para o céu. Se viver o evangelho que Jesus ensinou é viver o que chamam de teologia da prosperidade, sai correndo de qualquer outro tipo de ensinamento que estão dando por aí, pois Jesus declarou ser o único caminho, verdade, e vida.

    ResponderExcluir
  4. humildade não tem nada a ver com usar sapato furado, etc e nem com a ostentação que os pregadores da prosperidade pregam, esses muito pelo contrário exaltam sua "prosperidade" e ainda chamam de "trouxas e idiotas" os que não são exibicionistas como os tais.

    Prposperida não tem nada a ver com o que eles andam pregando por aí que nada mais é do que uma barganha, um toma lá da cá.

    Eu creio que Deus prospera seus filhos fiéis mas riquezas não é sinal de fidelidade a Deus do contrário seus servos mais fiéis seriam Eike Batista e a maioria dos políticos endinheirados desse país.

    ResponderExcluir
  5. obedeça à Deus
    obedeça à Deus
    obedeça à Deus

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial